domingo, 7 de dezembro de 2008

PORQUE NÃO TENHO RELIGIÃO


Há alguns meses decidir tomar uma decisão: Não ter religião, mas ser "somente" cristão.

Foi uma decisão difícil pois nasci e cresci em uma "igreja" batista. Na realidade percebi que ser protestante ou evangélico não fazia mais nenhum sentido pra mim. Sempre ouvi e aprendi que o povo escolhido de Deus, ou simplesmente os evangélicos, são pessoas diferentes das demais, são abençoadas, vivem sem problemas, não passam necessidades, são protegidos fisicamente por Deus, entre outras coisas que considero ridículas.

Penso que o conceito da palavra igreja vem se perdendo, significando apenas um monte de pessoas que se reunem no domingo para pedir a Deus "bençãos" como um emprego, uma cura, ou para resolver problemas financeiros. Resolvi não ter religião pois não tenho fé e nem sou bom o suficiente para ser evangélico, acho que sou muito pecador e muito "incrédulo" para isso.
Percebi que a igreja evangélica, de modo geral, se esqueceu do significado da palavra igreja. A igreja está ser tornando um grupinho fechado, se escondendo em uma "redoma de vidro" com o objetivo de não se contaminar com este mundo. Medidas como essa tem feito, da chamada igreja, um conjunto de pessoas alienadas, onde o importante é "agradar a Deus".
Muitas pessoas estão na igreja simplesmente porque estão cheias de problemas e sempre ouvem o pastor dizer que Deus irá resolver todos. Os cultos se tornaram shows, onde o fator emocional se sobresai ao espiritual, onde a fé é demonstrada através de bençãos alcançadas, principalmente se essas forem tangíveis, onde o amor é demostrado com um sorriso amarelo, um tapinha no ombro e um aperto de mão seguido da frase: "Eu te amo em Cristo Jesus". Pra mim o amor não é simplesmente um sentimento, e sim uma atittude, pois não adianta nada dizer que amo o próximo e não tenho atitudes de comprometimento, solidariedade e compaixão com ele, por isso demonstramos nosso amor através de nossas atitudes. Precisamos de menos teologia e de mais solidariedade aos necessitados. Precisamos de menos doutrinas e de mais comunhão.
É exatamente isso que falta à igreja, atitude. Está na hora das igrejas orarem menos, cantarem menos, e agirem mais, levando e praticando os ensinamentos de Cristo. Estamos transferindo nossas rensponsabilidades para Deus, afinal de contas é muito mais fácil dizer a uma pessoa que está desempregada para participar de uma campanha de porta de emprego, do que ajuda-lá a encontrar um, é mais fácil dizer para as pessoas que estão passando dificuldades financeiras e que não tem o que comer, para orarem mais, pois a pobreza não é de Deus, do que pagando sua contas.
Cansei de histórias que Deus proteje somente os evangélicos contra acidentes, demissões e doenças, pois não é bem isso que está escrito em Eclesiastes 9 -2:3:



  • "Tudo sucede igualmente a todos; o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao puro, como ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento. Este é o mal que há entre tudo quanto se faz debaixo do sol; a todos sucede o mesmo; e que também o coração dos filhos dos homens está cheio de maldade, e que há desvarios no seu coração enquanto vivem, e depois se vão aos mortos".
Cansei de cultos cheios de promessas, onde o ter é sinônimo de uma vida abençoada. Prefiro acreditar que a vida cristã é uma vida de renuncia, quando Jesus disse: "Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará", ele não estava falando somente da nossa vida física, perder a vida significa abrir mão de tudo o que tem para viver o envangelho.

Cansei de ir aos cultos aos domingos e cumprir um ritual religioso.

Chegamos na igreja, damos a "paz do Senhor" a todos que vemos, cantamos, batemos palmas, assentamos, ouvimos palavras de vitórias e de promessas, damos o dízimo e ofertas, recebemos a benção apostólica, dizemos amém e vamos embora. Isso é igreja? Prefiro ser tachado de incrédulo e desviado do que acreditar nisso.
Tiago 1:27:
  • A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.
Daniel Alves

6 comentários:

Martins disse...

Ser cristão em sua máxima simplicidade. É disso que a igreja precisa para se tornar Igreja.

Seja bem vindo à blogosfera, e se o nível dos textos continuar assim você já tem um leitor assíduo.

Cardoso disse...

Fazia tempo que eu não lia um comentário tão verdadeiro,tão do fundo da alma.
Enxerguei nas suas palavras a evolução de um ser espiritual em sua passagem na terra.
Você é realmente um cristão que entendeu plenamente os recados de Jesus.
Continue verdadeiro
Deus te abençoe

João César disse...

Sim eu concordo com você, tenho este mesmo pensamento, embora alguns não.
Mas eu não tenho religião, tenho Deus!

Raul Carlos disse...

Meu amigo! a tanto tempo que eu não escuto um discurso tão maravilhoso como esse.É bem verdade que nós não queremos uma doutrina da miséria em nossas vidas.Mas as pessoas estão esquecendo do verdadeiro amor, do verdadeiro sentido de ser cristão. Cada palavra sua é tão impactante que não consigo descrever em palavras tudo isso que vc está nos transmitindo. Vc está puramente certo. Vou salvar e meditar nesse texto que prá mim é uma obra de arte. Mais saiba que Deus é bem maior que isso.

Anônimo disse...

achei que estava só no mundo.pois compartilho com você em sua maneira de refletir. pois tambem ando decepcionada de como estão distorcendo o evangelho. olha eu escuto cada coisa que cheguei a pensar. ou algumas dessas pessoas estão cegas ou eu estou vendo demais.me sinto uma hereje mais confesso não me uno com os religiosos. por isso faço parte do grupo dos sem religião. existe uma maioria que são idolatras de si mesmo do templo do pastor. e não persebem que não passam de robós. até porque não podem questionar e nem discordar pois logo é acusado de estar com espiritos mau. ofendendo o ungido. é deemais é deemais.

Eduardo Barros disse...

"Prefiro acreditar que a vida cristã é uma vida de renuncia"
Percebi o mesmo que vc a muitos anos atrás. e a sua colocação foi muito verdadeira!!